• RSS
  • Delicious
  • Facebook
  • Twitter

O Yalu é um grupo que valoriza e apoia, de diversas maneiras, grupos ligados a expressões artísticas de todas as formas. O Yalu preza pela valorização da nossa cultura, pela conscientização de sua importância e singularidade e pela disseminação de suas diversas expressões.

O grupo surgiu na década de 1990, formado por músicos e produtores, que percebiam a necessidade de sensibilizar a sociedade quanto à riqueza da cultura musical local. Afinal, as vertentes musicais pernambucanas e brasileiras são resultado da povoação e imigração de diferentes povos para nosso país, em especial os africanos. É por isso que nossa cultura pode ser considerada singular, por ser única, e plural, por sua riqueza, variações e diversidade.

Com o passar dos anos, as adversidades e as barreiras encontradas para conseguir realizar ações que de fato promovessem a cultura local, aos poucos desestimulou seus membros e fez com que se dispersassem e seguissem realizando trabalhos independentes em suas áreas. Coube então a Walter Araujo, ao lado de Erica Ferrer, Lucia Padilha e outros amigos que o apoiaram, continuar o trabalho e reformular o grupo, dando-lhe o nome de Grupo Yalu.

O Grupo Yalu – Arte e Cultura – trabalha com a valorização da cultura, especialmente musical, mas não apenas dela: todos os tipos de arte e manifestações culturais são bem-vindos para receber apoio, compartilhar conhecimentos ou formar parcerias.

O Yalu considera de extrema importância o conhecimento dos grupos culturais pela sociedade e entre si. Cada grupo que conheça outros grupos, que desenvolvam trabalhos similares ou em outras áreas, pode trocar experiências e conhecimentos. Juntos, contribuindo e agregando uns aos outros, podem ter mais força e atingir um maior público, disseminando, assim, nossa maravilhosa cultura.